No canto superior esquerdo um pequeno sol está ilustrado em azul. Logo abaixo, bolas se conectam por um fio em zig zag. À direita, letras coloridas formam a palavra Viva a cultura. A ilustração é bastante colorida.

Linha do Tempo • Viva a Cultura!

2017

Em 2017 o projeto comemorou uma década distribuindo sorrisos por meio da arte, música e teatro. Durante essa longa e gratificante jornada, foram mais de 18 hospitais participantes, cerca de 275 oficinas realizadas e o mais importante: mais de 11 mil crianças impactadas pelo projeto.

Foto de duas integrantes do grupo realizando uma atividade musical em uma sala com crianças.

2016

Na foto, uma criança é entrevistada por uma repórter. Ao fundo outra criança recorta EVA.

Em 2016, hospitais de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Natal e Belo Horizonte receberam o projeto de braços abertos. Oficinas artísticas, intervenções musicais e teatro musical fizeram parte da programação dessa edição do projeto, impactando crianças, acompanhantes e equipes médicas, que também se emocionaram e ganharam força para ajudar seus pacientes.

2015

A edição de 2015 do Viva a Cultura! foi surpreendente e levou alegria e diversão para hospitais em São Paulo, Rio de Janeiro, Barretos, Curitiba e Belo Horizonte. Este ano, além de atender as crianças, o projeto ganhou mais um braço oferecendo ao hospital de Barretos atividades para adultos, que receberam com muita alegria e emoção a equipe do projeto.

Foto de um andar superior do pátio de um prédio. As crianças estão sentadas assistindo a uma apresentação do grupo.

2014

Fotografia de um flautista e uma violonista se apresentando em uma sala.

A 7ª edição do Viva a Cultura! levou uma atmosfera mais leve e alegre para hospitais em São Paulo, Curitiba, Barretos e Rio de Janeiro. Novas oficinas, espetáculos teatrais renovados, ações especiais para as crianças de leito e a dedicação e o compromisso de sempre foram essenciais para o sucesso do projeto.

2013

Em 2013 duas etapas foram realizadas: uma semana no INCA (Instituto Nacional de Câncer José de Alencar Gomes da Silva) no Rio de Janeiro e uma semana no Hospital A. C. Camargo em São Paulo. Apresentações teatrais e musicais, além de uma rica programação de oficinas lúdicas compuseram as etapas do projeto, que atingiu cerca de 640 pacientes.

Foto de uma mulher usando uma cartola rosa carregando uma garotinha em seu colo. A garotinha segura uma sombrinha de frevo.

2012

Uma garota de blusa rosa sorri para a foto no meio de duas integrantes do grupo. A mulher da direita, usa nariz de palhaço.

O ano de 2012 marcou a quinta edição do projeto, que contemplou 5 instituições e atingiu mais de 850 crianças. O AstraZeneca Viva A Cultura! mais uma vez trabalhou a ludicidade e a interação com familiares, médicos, voluntários e enfermeiros que também participaram das atividades.

2011

Na fotografia, uma integrante do grupo orienta as crianças em uma atividade artística. As crianças usam nariz de palhaço e estão atentas aos objetos na mesa.

Em 2011, pela primeira vez o projeto contemplou 4 instituições, criando um ambiente mais leve e dando força às crianças e familiares para enfrentar um período delicado em suas vidas.

2008 - 2010

Foto de um homem olhando para uma garotinha. Eles usam nariz de palhaço.

Durante as 9 etapas realizadas entre 2008 e 2010, o projeto atendeu mais de 2.800 crianças, utilizando atividades artísticas como um instrumento pedagógico de integração e cidadania.

2007

Na foto, alunas estão na sala de aula com bexigas na cabeça lembrando um chapéu. Um integrante do grupo, também usando a bexiga na cabeça, está à direita observando-as.

Em 2007 o projeto Viva a Cultura! nasceu com o objetivo de, através de atividades artísticas, proporcionar um distanciamento da dura realidade que crianças pacientes de câncer e seus familiares enfrentam durante o período de tratamento. Desde então, diversas instituições cederam seus espaços para a realização de cada uma das ações que contribuíram positivamente na melhora do quadro clínico dos pacientes.

PATROCÍNIO:

REALIZAÇÃO: